IMPLANTAÇÃO DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO MÓVEL E SEM FIO: ESTUDO EM UMA CONCESSIONÁRIA DE ENERGIA

Osvaldo Garcia, Maria Alexandra Viegas Cortez da Cunha
DOI: https://doi.org/10.5329/RESI.2008.0702002

Texto completo:

PDF

Resumo

Este trabalho trata da adoção de novas tecnologias e quer em especial avançar na compreensão dos aspectos humanos e sociais dessa adoção. O caso estudado é a implantação de uma tecnologia de informação móvel e sem fio, os smartphones, em uma empresa concessionária de distribuição de energia elétrica na comunicação com seus eletricistas em campo. Expõe as obrigações legais destas organizações, que exigem rápido atendimento, portanto necessitando de informações precisas. Para compreender os aspectos humanos e sociais da adoção da tecnologia, o artigo faz uso da metáfora da hospitalidade proposta por Ciborra e lista os aspectos positivos e negativos em relação à tecnologia móvel encontrados na literatura. As conclusões elencam pontos positivos e negativos da adoção da tecnologia de informação móvel no caso estudado. Conclui-se que a metáfora da hospitalidade é uma alternativa útil para descrever o processo de adoção de uma tecnologia, que leva em conta a percepção e as peculiaridades do ser humano. Ela tangencia os aspectos técnicos e evidencia as reações humanas quando um técnico é confrontado com um “hóspede” desconhecido, uma nova tecnologia, criando um conjunto novo de questões, interpretações e respostas.

Palavras-chave

wireless; metáfora da hospitalidade; smartphone; tecnologia