Reconhecimento de Voz para Automação Residencial baseado em Agentes Inteligentes

Marília A. Amaral, Rodolfo Barriviera, Eduardo Cotrin Teixeira
DOI: https://doi.org/10.21529/RESI.2004.0301001

Texto completo:

PDF

Resumo

A utilização de agentes inteligentes é cada vez mais difundida no meio computacional, principalmente nas áreas de interfaces, gerenciamento de redes, recuperação de informação, sistemas distribuídos e automação. Porém, a discussão sobre a definição de agentes inteligentes é muito ampla. Basicamente um agente possui autonomia e executa tarefas, estando sempre vinculado a uma ação disparada automaticamente ou a uma ação externa manual a ser executada. Este artigo relata o desenvolvimento de um Software de Reconhecimento de Voz para Automação Residencial que utiliza arquitetura baseada em agentes inteligentes. O objetivo desta aplicação é auxiliar e proporcionar mais independência a pessoas portadoras de necessidades especiais, como pacientes que possuem um alto grau de lesão, com movimentos apenas acima do pescoço. O sistema desenvolvido é composto de dois programas, um para reconhecimento de voz e o outro para controle do processo de automação residencial. Os programas são interligados por meio de uma interface de software, e o sistema todo possui um circuito acoplado à saída paralela do computador. Este circuito ativa ou desativa oito pontos que estão conectados a qualquer aparelho eletro-eletrônico, através de comando de voz.

Palavras-chave

Agentes inteligentes; Automação Residencial; Portadores de Necessidades Especiais.