Palavras do editor

Jorge M. Barreto
DOI: https://doi.org/10.21529/RESI.2007.060201

Resumo

Acesso Livre às Pubicações Científicas


No número anterior comentei sobre o movimento mundial dirigido para gratuidade não só de acesso ao conteúdo dos artigos, como, no nosso caso, gratuidade para os autores. Isto é o que faz a RESI desde 2002. Na RESI estamos conseguindo o acesso livre, com o trabalho voluntário de alguns pesquisadores atuando na edição e revisão dos artigos submetidos, e por estar a revista sediada em uma universidade que tem naturalmente por finalidade a educação, os custos de hospedagem (por sinal bem pequenos) são a cargo da Universidade.

No nosso caso, sendo uma Universidade Federal nós, do corpo editorial temos feito esforços para dar características de Revista de divulgação das pesquisas ultrapassando as fronteiras, tanto de Santa Catarina, quanto do Brasil. Com efeito, nestes últimos dois anos publicamos artigos vindos da Bélgica, de Portugal e da Argentina. Como as noticias da RESI são divulgadas nos paises da América Latina, e como fator de integração do Mercosul, convidamos os pesquisadores de todos os paises a submeterem seus trabalhos.

Os trabalhos submetidos são enviados a 3 membros do comité de revisores. A maioria das vezes, se bem que o prazo dado é de 1 mês, passado mais de 1 mes, nenhum respondeu ao pedido e outros são escolhidos. Pede-se para os revisores agirem de modo construtivo, pois a RESI é diferente de um evento. Um evento tem datas limite. RESI não. Se um trabalho pode ser útil aos leitores e tem apenas alguns pontos a melhorar, que estes pontos sejam indicados aos autores. Se o trabalho for aceito, melhor sair na próxima edição correto que logo com defeitos.

Finalmente recomendamos atenção com as Referências: não esqueça de citar seus colegas; da mesma forma cite livros de autores nacionais ou latino americanos. Os leitores agradecem pois são referencias possivelmente faceis de obter. E não esqueçam: publicar em inglês aumenta muito a divulgação de seu trabalho; prefira escrever em inglês ou em espanhol devido ao grande numero de paises que adotm este idioma.

Jorge M. Barreto

Editor Chefe