GESTÃO DA INFORMAÇÃO HOSPITALAR: UMA PROPOSTA A PARTIR DO ESTUDO DE CASO EM UM HOSPITAL UNIVERSITÁRIO NO RECIFE

Carolina de Fátima Marques Maia, Décio Fonseca, Mônica Ximenes Carneiro da Cunha, Jairo Simião Dornelas
DOI: https://doi.org/10.5329/RESI.2009.0802003

Texto completo:

PDF

Resumo

A gestão da informação tem se tornado uma preocupação crescente nas organizações. Na área da saúde verifica-se que alguns estudos com esse enfoque vêm sendo realizados. No entanto, poucos autores abordam o tema considerando a realidade dos hospitais públicos, e em especial, dos universitários. Na verdade, há uma enorme quantidade de dados sendo produzidos sem uma política de gestão eficiente da informação resultando, muitas vezes, em decisões equivocadas por falta de acesso à informação correta no tempo oportuno. Este artigo tem como objetivo apresentar uma proposta de gestão da informação para que os hospitais, universitários ou não, possam ter um direcionamento de como melhorar a gestão de suas informações. Para isso, foi utilizada uma abordagem qualitativa e quantitativa. A alta direção de um hospital universitário bastante conceituado do estado de Pernambuco foi entrevistada para identificar as necessidades de informações para desempenho das atividades e os demais gestores foram questionados na tentativa de se identificar a conformação atual da gestão da informação na instituição. Foram identificadas carências em elementos estratégicos, como comunicação, responsabilidades e definição de política e de processos para a informação. A partir das referências conceituais sobre gestão organizacional e gestão da informação e por meio dos resultados obtidos do estudo de caso foi elaborada uma proposta para gestão da informação hospitalar. Espera-se, com este trabalho, contribuir para um desencadeamento de outras pesquisas e para a aplicação de uma gestão eficiente da informação nos hospitais.

Palavras-chave

gestão da informação hospitalar; ciclo de vida da informação; hospital público