INSTITUCIONALIZAÇÃO E DESINSTITUCIONALIZAÇÃO DE PRÁTICAS SOCIAIS: O CASO DAS TECNOLOGIAS VOIP E CIRCUIT SWITCHED (doi:10.5329/RESI.2009.0802005)

João Armênio Neto, Clóvis L. Machado-da-Silva
DOI: https://doi.org/10.5329/RESI.2009.0802005

Texto completo:

PDF

Resumo

O objetivo do presente estudo foi verificar o processo de institucionalização da tecnologia VoIP e a correspondente desinstitucionalização da tecnologia circuit switched na estratégia de produtos da Organização Alfa, no âmbito global e no contexto brasileiro, no período compreendido entre 1993 e 2008. Com base no quadro teórico de referência da teoria institucional, as tipologias de Oliver (1991, 1992) foram utilizadas para analisar pressões ambientais (políticas, sociais e instrumentais) e respostas estratégicas (aquiescência, compromisso, esquivança, desafio e manipulação). A perspectiva da pesquisa é longitudinal, com uso do método de estudo de caso e procedimentos qualitativos para coleta, tratamento e análise dos dados. A coleta de dados realizou-se mediante acesso a fontes secundárias e por meio de entrevistas semi-estruturadas com empregados da Organização Alfa. Os dados demonstram a ocorrência de um processo de substituição da tecnologia circuit switched pela tecnologia VoIP em combinação com práticas associadas a vendas, marketing, P&D e serviços. Verificou-se que a mudança vem ocorrendo de forma gradual, passando por respostas de desafio, esquivança, compromisso e aquiescência, também com certas nuances de manipulação. A situação no final do período estudado demonstra que o processo de institucionalização da tecnologia VoIP na Organização Alfa encontra-se em estágio mais avançado do que no âmbito do mercado em que ela atua.

Palavras-chave

institucionalização; desinstitucionalização; VoIP; circuit switched