A INFLUÊNCIA DOS DETERMINANTES DO TRABALHO GERENCIAL NA PERCEPÇÃO DO AJUSTE ENTRE A TECNOLOGIA E A TAREFA: UM ESTUDO EXPLORATÓRIO (doi:10.5329/RESI.2010.0902003)

Debora Bobsin, Monize Sâmara Visentini, Mauri Leodir Löbler

Resumo


Este artigo investiga se a natureza do trabalho gerencial modifica a percepção do gestor quanto ao ajuste da Tecnologia da Informação (TI) à sua tarefa. Os indicadores do trabalho gerencial, como a experiência e frequência de uso da TI e papéis decisórios do gestor, foram baseados nos estudos de Vlahos e Ferrat (1998) e Vlahos, Ferratt e Knoepfle (2004), além do ajuste da tecnologia à tarefa, fundamentado a partir do modelo de Ajuste Tecnologia-Tarefa (TTF) (Goodhue, 1995). O trabalho contribui no entendimento dos SI como ferramenta de suporte para a execução das tarefas que compõem o papel do gestor na organização. Através de um estudo exploratório, realizado junto a 238 gestores, observou-se que quanto mais aumenta a experiência do individuo com os Sistemas de Informação (SI), maior o ajuste percebido por ele, entre a tecnologia e a tarefa que executa; e que quanto maior o acesso do usuário ao SI, maior o ajuste entre a tecnologia e as suas tarefas. Quanto aos papéis decisórios, identificou-se que os papéis de gestor/empreendedor e administrador de conflitos são os de maior adaptação da tecnologia à suas tarefas, obtendo através do SI respaldo para a execução do trabalho mais eficientemente.

Palavras-chave


tecnologia da informação; sistema de informação; trabalho gerencial; papéis decisórios; ajuste tarefa-tecnologia.

Texto completo: PDF

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .