INDICADORES PARA O USO DE SISTEMAS INTERORGANIZACIONAIS E RELACIONAMENTO EM REDE ENTRE EMPRESAS (doi:10.5329/RESI.2008.0702006)

Marco Antônio Pinheiro da Silveira, Elisabete Camilo Rigolon Lança, André Luiz Pestana, Cláudio Pereira dos Santos

Resumo


O tema rede de empresas tem tido destaque significativo na literatura acadêmica atual. Pode-se considerar que empresas atuam em rede quando há cooperação e comprometimento na relação existente entre elas. Por outro lado, é crescente o uso de sistemas de informações para interligar as empresas – os chamados sistemas interorganizacionais (SIO). A questão de fundo tratada neste trabalho é: podemos afirmar que as empresas que atuam em rede são aquelas que utilizam SIO de maneira mais avançada? Para responder a esta questão inicialmente é necessária criação de indicadores que nos permitam medir a intensidade do relacionamento em rede entre empresas, por um lado, e para o uso de sistemas interorganizacionais, por outro. Neste estudo foi elaborada uma primeira proposta de criação destes indicadores, com base na análise da literatura dos dois temas – redes de empresas e sistemas interorganizacionais. Os 15 indicadores criados foram submetidos à avaliação de uma gerente de sistemas que atuou na implantação de sistema interorganizacional recentemente implantado por uma das maiores montadoras que atuam no Brasil, baseado em internet, conectando-a com 470 fornecedores. Trata-se de um estudo exploratório, que revelou que o indicador mais importante para rede é “acordos para desenvolvimento de produto”, e para uso de SIO é “profundidade da integração”.

Palavras-chave


Redes de empresas, sistemas interorganizacionais, indicadores

Texto completo: PDF

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .