RELAÇÃO ENTRE ÁREAS FOCO E INSTRUMENTOS DE GOVERNANÇA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO EM EMPRESAS DE SOFTWARE: ESTUDO MULTICASO EM EMPRESAS DO APL DE SOFTWARE DE CURITIBA

Marcelo Rasera, Ana Paula Mussi Szabo Cherobim
DOI: https://doi.org/10.5329/RESI.2013.1202003

Texto completo:

PDF

Resumo

Este artigo procurou identificar em empresas a presença de áreas foco e instrumentos de Governança de Tecnologia da Informação (GTI), assim como as associações entre ambos, por meio de um estudo multicaso com 13 empresas do APL (Arranjo Produtivo Local) de Software de Curitiba. O método utilizado para a coleta de dados foi pesquisa por questionários. Procedeu-se às análises utilizando-se métodos quantitativos com o apoio de técnicas estatísticas descritivas. Os resultados permitiram identificar a presença expressiva e a boa contribuição dos modelos de maturidade – tais como CMMI e MPS.BR – e do gerenciamento de projetos, para a gestão de TI. Por outro lado, instrumentos ícones da GTI – COBIT e ITIL – mostraram pouca expressividade entre as empresas pesquisadas. Esta constatação convida a refletir sobre a efetividade de tais instrumentos em empresas com características como as pesquisadas neste artigo. Por meio destes resultados, esse artigo contribui para preencher lacunas no conjunto de estudos empíricos sobre a presença de áreas foco e instrumentos de GTI em empresas de software.


Palavras-chave

governança de TI; áreas foco de governança de TI; instrumentos de governança de TI; tecnologia da informação; APL; empresas de software