A SOCIEDADE MODERNA E A PROBLEMATIZAÇÕES DA EXPERIÊNCIA: O SUJEITO COMO PRÁTICA DE SUBJETIVAÇÃO

Ana Paula Rufino dos Santos

Resumo


O presente texto discute brevemente sobre questões que centralizam algumas inquietações referentes à produção de subjetividades e a construção de identidades. As quais se fundam na indagação sobre os modos de os sujeitos se relacionarem consigo mesmos, com os outros, com a cultura e os artefatos culturais. Investe em uma discussão que busca estabelecer uma relação entre questões relativas ao pensamento sociológico de Max Weber através dos conceitos de "ação social" e “racionalização”, e de conceitos que permeiam a análise histórica de Michel Foucault. Com vistas a problematizar a respeito da produção de sujeitos e subjetividades, os quais dizem respeito aos modos de existência aprendidos a partir de relações de saber e poder. Weber em sua crítica a sociedade moderna direcionando, neste caso um olhar ao que denominou de pedagogia do treinamento, ainda que entendida sob a égide das regras propostas por essa mesma sociedade. Propomos uma aproximação destas questões com a análise crítica de Foucault no que se refere à produção de sujeitos éticos, propondo que em nosso tempo, a grande e necessária luta a ser empreendida deve ser aquela que se faz contra tudo aquilo que mais submete nossa subjetividade. É preciso dizer que em nosso entendimento o pensamento foucaultiano em sua análise dos discursos problematiza a produção de subjetividades submersas no jogo de poder e saber. Ao aprofundar a “história das problematizações da experiência” formula um novo modo de abordar o sujeito como prática de subjetivação.


Referências


BAUMAN, Zygmunt. Identidade: entrevista a Benedetto Vecchi. Rio de Janeiro: Zahar, 2005

CARVALHO, Alonso Bezerra de. Max Weber: modernidade, ciência e educação. Petrópolis: Vozes, 2005

CHARAUDEAU, Patrick; MAINGUENEAU, Dominique. Dicionário de análise de discurso. Coordenação da tradução Fabiana Komesu. São Paulo: Contexto, 2004.

_____________________. (org.) O currículo nos limiares do contemporâneo. Rio de Janeiro: DP&A, 2005, 4.ed.

DELEUZE, Gille. O que é um dispositivo? Rio de Janeiro: Brasiliense, 1990

FISCHER, Rosa Maria Bueno. O Estatuto pedagógico da mídia: questões de análise In: Educação & Realidade. Porto Alegre/UFRGS, 1976, vol. 1 nº 1

________________________. Foucault e a análise do discurso. In: Cadernos de Pesquisa. Rio de Janeiro/PUC, 2001, n.114, p.197-223

________________________.O dispositivo pedagógico da mídia: modos de educar na e pela TV. In: Revista Educação e Pesquisa. Porto Alegre/UFRGS, 2002a, vol. 28, nº 28

________________________. Problematizações sobre o exercício de ver: mídia e pesquisa em educação in: Revista Brasileira de Educação. Porto Alegre/UFRGS, 2002b, n. 20

FOUCAULT, Michel. Verdade e subjetividade. In: Revista de Comunicação e Linguagem, Lisboa, v. 1, n. 19, p. 203-223, 1993.

________________. As tecnologias de si. In: FOUCAULT, Michel. Dits et Écrits. Paris: Gallimard, 1994, Vol. IV, p. 783-813

_________________. A Arqueologia do Saber. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 1995

FOUCAULT, Michel. O sujeito e o poder. In: DREYFUS, Hubert. L.; RABINOW, Paul. (Org.). Michel Foucault: uma trajetória filosófica para além do estruturalismo e da hermenêutica. Rio de Janeiro: Forense, 1995b.

________________. A Ordem do Discurso. São Paulo: Loyola, 2006

GROS, Fréderic. O cuidado de si em Michel Foucault. In: RAGO, Margareth; VEIGA-NETO, Alfredo (org.). Figuras de Foucault. Belo Horizonte: Autêntica, 2006

HALL, Stuart. A Identidade cultural na pós-modernidade. Trad. Tadeu Tomaz Silva; Guacira Lopes Louro. 4ªed. Rio de Janeiro: DP&A, 2000

LAROSSA, Jorge. Tecnologias do Eu e Educação. In SILVA, Tomaz Tadeu (Org.) O Sujeito da Educação. Petrópolis, RJ: Vozes, p.35-86, 1994.

RODRIGUES, Alberto Tosi. Sociologia da Educação. Rio de Janeiro: DP&A, 2004, 5.ed.

SARLO, Beatriz. Cenas da Vida Pós-moderna: intelectuais, arte e videocultura. Rio de Janeiro: UFRJ, 2000

SILVA, Tadeu Tomaz da. Identidade e diferença. Petrópolis: Vozes, 2009

WEBER, Max. Ação Social e Relação Social. In: Economia y Sociedade, trad. de José Medina Echavarría et.al., Fondo de cultura econômica, México, 1969, vol. 1. p.18-23


Texto completo: PDF