O ENSINO DE CIÊNCIAS NUMA PERSPECTIVA FALIBILISTA

Paulo Eduardo de Oliveira

Texto completo:

PDF

Resumo

O presente artigo tem a intenção de mostrar de que modo a epistemologia de Karl Popper pode fundamentar uma abordagem falibilista do ensino de ciências. Partindo-se da compreensão das linhas fundamentais da filosofia popperiana, pode-se superar a tendência positivista que confere à ciência um estatuto de certeza e precisão que ela não pode atingir. O ensino da ciência, pautado na perspectiva falibilista, corresponde a uma visão epistemologicamente mais realista e eticamente mais honesta.

 

Palavras-chave: ensino, ciência, positivismo, falibilismo, modéstia intelectual.