PAPEL ESTRATÉGICO E IMPACTO DOS SISTEMAS DE INFORMAÇÃO NO MERCADO DE AÇÕES: UM ESTUDO ENVOLVENDO BRASIL E ESTADOS UNIDOS

Renata Cristina Barros Madeo, Fernando H. I. B. Ferreira, Neilson C. L. Ramalho, Marcelo Fantinato
DOI: https://doi.org/10.5329/RESI.2012.1102006

Texto completo:

PDF

Resumo

Este artigo apresenta uma visão geral sobre o papel estratégico dos sistemas de informação nos mercados de ações do Brasil e dos Estados Unidos sob uma perspectiva histórica, visando discutir seus impactos éticos, sociais e políticos na sociedade. É possível classificar os sistemas de acordo com seus objetivos estratégicos: existem sistemas visando a garantir a sobrevivência da organização ou visando a obter alguma vantagem competitiva. A partir dessa classificação os objetivos estratégicos, os impactos éticos, sociais e políticos de cada tipo de sistema são analisados. Conclui-se que, no caso do mercado de ações, sistemas visando à sobrevivência da organização trouxeram grandes benefícios à sociedade, apesar de provocarem impactos negativos no nível ético, visto que resultaram na demissão de um enorme contingente de funcionários, o que ficou mais evidente no caso brasileiro. Já sistemas visando à obtenção de vantagem competitiva trouxeram alguns benefícios relacionados ao aumento de liquidez no mercado, porém levantam diversos dilemas éticos, sociais e políticos, que ainda precisam ser mais bem explorados pelas organizações que atuam no mercado de ações.


Palavras-chave

negociação em alta frequência; mercado de ações; impactos éticos; impactos sociais; impactos políticos