MINERANDO PUBLICAÇÕES CIENTÍFICAS PARA ANÁLISE DA COLABORAÇÃO EM COMUNIDADES DE PESQUISA – O CASO DA COMUNIDADE DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

Renata Mendes de Araujo, Brunno Silveira, Thiago Muramatsu, Kate Revoredo

Resumo


Comunidades científicas são estruturas sociais compostas por pessoas e/ou instituições que se conectam através de relações e compartilham interesses comuns – informação, conhecimento e esforços em busca do mesmo objetivo. Esta característica tem levado ao uso de abordagens de análise de redes sociais para a compreensão destas comunidades, tendo como base suas publicações científicas. Contudo, comunidades de formação recente ainda estão consolidando seus assuntos de interesse e possuem pouco entendimento tanto da existência como do potencial de relações de colaboração entre seus participantes. Nestas comunidades, a análise de informação a partir de publicações enfrenta o desafio da pouca estruturação de sua produção e poucos parâmetros para agrupamento de temas de interesse. Este trabalho apresenta uma abordagem para a obtenção de indicadores para análise de comunidades científicas usando mineração de textos, que envolvem a rede de colaboração entre autores e o contexto de publicação (classificação de artigos). Uma ferramenta computacional para o apoio à análise foi também desenvolvida. A proposta foi avaliada considerando a comunidade nacional de Sistemas de Informação, com base nas publicações nas edições do Simpósio Brasileiro de Sistemas de Informação.

Palavras-chave


análise de redes sociais; mineração de textos; classificação de documentos; comunidade brasileira de Sistemas de Informação

Texto completo: PDF

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .