O DESENVOLVIMENTO DOS ESTUDOS SOBRE GOVERNO ELETRÔNICO NO BRASIL: UM ESTUDO BIBLIOMÉTRICO E SOCIOMÉTRICO

Erico Przeybilovicz, Maria Alexandra Cunha, Taiane Ritta Coelho
DOI: https://doi.org/10.21529/RESI.2015.1403005

Texto completo:

PDF

Resumo

Neste artigo busca-se identificar como o campo de estudos sobre governo eletrônico está estruturado no Brasil. Para isso realizou-se uma pesquisa bibliométrica e sociométrica em 124 artigos publicados em anais de congressos e em periódicos brasileiros no período de 2007 a 2012. Os principais elementos analisados foram o volume de publicações por ano, os veículos de divulgação/publicação, os domínios conceitual e substantivo dos trabalhos, as abordagens metodológicas utilizadas e as redes de cooperação entre autores e instituições. Entre outros resultados, constatou-se uma produção significativa no período, não sendo possível, entretanto, identificar uma tendência de crescimento ou diminuição nas publicações sobre o tema governo eletrônico, uma vez que a variação no volume de publicações anuais não foi uniforme. Notou-se, também, a pouca utilização de teorias ou modelos de referência, ficando as discussões limitadas ao domínio substantivo. Por fim, constatou-se que a cooperação entre autores ainda está limitada a poucas e pequenas redes de relacionamentos. O contrário se observa na cooperação entre instituições, existindo a presença de uma rede maior e havendo oportunidade para entrada de outras instituições que já publicam no tema.

Palavras-chave

governo eletrônico; estudo bibliométrico; estudo sociométrico; Brasi