SISTEMAS DE INFORMAÇÃO – TEMAS DE PESQUISA ACADÊMICA NO BRASIL ENTRE 1994 E 2013

Henrique Freitas, João Becker, Cristina Martens, Carla Marcolin
DOI: https://doi.org/10.21529/RESI.2014.1303001

Texto completo:

PDF

Resumo

Resgatar a história recente das pesquisas acadêmicas brasileiras em sistemas de informação (SI) é um desafio oportuno, que possibilita avaliar seu impacto e definir rumos a seguir. Este artigo foca a temática identificada no acervo de 1.105 artigos publicados nos anais do EnANPAD, na divisão de ADI, e do EnADI no período de 1994 a 2013. Analisam-se os artigos considerando as atuais áreas listadas pela divisão de ADI, tendo sido feito um corte em dois grandes períodos de tempo: 1994 a 2002, considerado de alavancagem da área no Brasil, e 2003 a 2013, considerado como de formação e consolidação de grupos de pesquisa. De forma não acidental, o período estudado coincide com os vinte anos do AMCIS, que gradativamente ganha representatividade internacional, com participação de pesquisadores de todo o mundo. A comunidade mundial de SI foi estimulada pelo AMCIS, em 2014, a se manifestar sobre sua própria história. Busca-se uma tomada de consciência sobre o rumo a seguir, procurando gerar sinergia entre os diferentes atores nesse contexto. O artigo oferece uma lista de temas originários da comunidade de pesquisadores brasileiros em SI, em uma análise longitudinal. Com contribuição de uma dezena de instituições ao longo do tempo (destacando-se UFRGS, USP e FGV), tem-se um acervo de produção científica do qual se pode depreender um conjunto de ideias-chave analisado nos dois períodos evocados.

Palavras-chave

sistemas de informação; pesquisa brasileira acadêmica; histórico; áreas temáticas