USANDO O CLASSIFICADOR NAIVE BAYES PARA GERAÇÃO DE ALERTAS DE RISCO DE ÓBITO INFANTIL

Cristiano Lima da Silva, Joyce Quintino Alves, Oton Crispim Braga, José Wellington Pereira Júnior, Luiz Odorico Monteiro de Andrade, Antônio Mauro Barbosa de Oliveira
DOI: https://doi.org/10.21529/RESI.2017.1602004

Texto completo:

PDF

Resumo

GISSA é um sistema inteligente para a tomada de decisões em saúde focado no cuidado materno infantil. Neste sistema, vários alertas são gerados nos cinco domínios da saúde (clínico-epidemiológico, normativo, administrativo, gestão do conhecimento, conhecimento compartilhado). O sistema se propõe a contribuir para a redução da mortalidade infantil no Brasil. Este artigo apresenta o LAIS, um mecanismo inteligente que usa aprendizado de máquina para gerar alertas de risco de mortalidade infantil no GISSA. Para tanto, este trabalho usa uma metodologia baseada na mineração de dados para alcançar um modelo de aprendizagem capaz de calcular a probabilidade de um recém-nascido morrer. Os testes mostram que o classificador Naive Bayes é o mais adequado para este propósito, apresentando bons resultados, com área da curva ROC de 92,1%. O trabalho reúne bases de dados do Ministério da Saúde, SIM e SINASC, para o treinamento de algoritmos de classificação, identificando relações entre dados de nascimento e de morte de crianças com menos de um an. Durante o processo metodológico foi utilizado o algoritmo spread subsample, que aplica sub-amostragem, melhorando os resultados do modelo.


Palavras-chave

Decision support systems; data mining; Naïve Bayes; infant mortality