DERIVAÇÃO DE CASOS DE TESTES FUNCIONAIS: UMA ABORDAGEM BASEADA EM MODELOS UML (doi:10.5329/RESI.2009.0801003)

Alex Mulattieri Suarez Orozco, Kleinner Oliveira, Flávio Oliveira, Avelino Francisco Zorzo

Resumo


Neste artigo é apresentada uma abordagem de teste de software baseada em modelos que se concentra na identificação, automatização e derivação completa, ou parcial, de casos de teste a partir da composição de modelos UML que descrevem alguns aspectos do sistema que está sendo testado. A abordagem adotada provê uma considerável redução de esforço na geração de testes, aumentando a sua eficiência, diminuindo o ciclo de testes e evitando a realização tediosa e propensa a erros de um conjunto de casos de testes. Por fim, é apresentado um estudo de caso para demonstrar de modo prático os benefícios da abordagem proposta.

Palavras-chave


testes baseados em modelos; UML; testes funcionais

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5329/RESI.2009.0801003