DETECÇÃO DE CARTÉIS EM LICITAÇÕES PÚBLICAS COM AGENTES DE MINERAÇÃO DE DADOS

Carlos Vinícius Sarmento Silva, Célia Ghedini Ralha
DOI: https://doi.org/10.21529/RESI.2011.1001004

Texto completo:

PDF

Resumo

A Controladoria-Geral da União (CGU), como órgão central do sistema de controle interno do Poder Executivo Federal do Brasil é responsável pela realização de atividades de auditoria e fiscalização, visando à prevenção e o combate à corrupção. No entanto, algumas atividades como a detecção de cartéis em licitações é limitada, pela dificuldade de encontrar soluções efetivas em grande volume de bases de dados com milhões de registros de transações financeiras. Nesta seara, algumas áreas de Ciência da Computação apresentam bons resultados no processo de descoberta de conhecimento com uso de técnicas de mineração de dados, tais como classificação, clusterização e regras de associação, as quais, associadas à área de Sistema Multiagente, ampliam o poder de processamento de forma distribuída e interativa com agentes de mineração de dados. Neste sentido, esta pesquisa utiliza agentes de mineração de dados com regras de associação e clusterização para a solução do problema de detecção de cartéis em licitações. Como resultado da pesquisa foram descobertas mais de cem regras de associação, das quais dez apresentam fortes indícios de cartelização, comprovando a utilidade da abordagem como suporte ao trabalho de auditoria governamental.

Palavras-chave

auditoria governamental; mineração de dados; sistema multiagente; agentes de mineração