INTENÇÃO DE COMPRA ONLINE: APLICAÇÃO DE UM MODELO ADAPTADO DE ACEITAÇÃO DA TECNOLOGIA PARA O COMÉRCIO ELETRÔNICO

Luana de Oliveira Fernandes, Anatália Saraiva Martins Ramos

Resumo


Esta pesquisa tem como objetivo compreender os fatores que influenciam a intenção de compra online dos consumidores. A coleta dos dados foi feita por meio de um questionário aplicado a alunos de pós-graduação do Centro de Ciências Sociais Aplicadas da UFRN e a análise desses dados foi feita por meio de estatísticas descritivas, análises fatoriais confirmatórias e análises de regressão linear. Os resultados das estatísticas descritivas revelaram que os pesquisados possuem percepções positivas sobre a facilidade de uso, de utilidade e de influência social em relação à compra online, e têm a intenção de comprar pela Internet nos próximos meses. Por meio das análises fatoriais confirmatórias, criaram-se seis fatores: intenção de compra online, facilidade de uso percebida, utilidade percebida, risco percebido, percepção de confiança e influência social. A regressão múltipla permitiu observar que todos esses fatores influenciam a intenção de compra online. Análises de regressão simples permitiram verificar que a percepção de confiança influencia as percepções de facilidade de uso, de utilidade e de risco, e que a facilidade de uso percebida influencia a percepção de utilidade. A compreensão de que fatores mais influenciam a intenção de compra dos consumidores pode contribuir para que as empresas de vendas online realizem esforços com o intuito de conquistar mais espaço no seu mercado de atuação.

Palavras-chave


comércio eletrônico; comportamento do consumidor; aceitação do comércio eletrônico

Referências


AMA. American Marketing Association. Disponível em: http://www.marketing power.com/_layouts/Dictionary.aspx?dLetter=C#consumer+behavior. Acesso em: 20 set. 2011.

BRAMALL, C.; SCHOEFER, K.; MCKECHNIE, S. The determinants and consequences of consumer trust in e-retailing: a conceptual framework. Irish Marketing Review, v. 17, n. 1-2, p. 13-22, 2004.

MATTOS, Gastão. Mudança de estágio no comércio eletrônico no Brasil. Camara-e.Net, junho de 2011. Disponível em: http://www.camara-e.net/?p=1267. Acesso em: 22 out. 2011.

CORRAR, Luiz J.; PAULO, Edilson; DIAS FILHO, José Maria. Análise multivariada para cursos de administração, ciências contábeis e economia. São Paulo: Atlas, 2009.

CRESPO, Ángel H.; RODRIGUEZ, Ignacio A. Explaining B2C e-commerce acceptance: an integrative model based on the framework by Gatignon and Robertson. Interacting with Computers, v. 20, p. 212-224, 2008. http://dx.doi.org/10.1016/j.intcom.2007.11.005

DAVIS, Fred D. Perceived usefulness, perceived ease of use, and user acceptance of information technology. MIS Quartely, v. 13, n. 13, p. 319-340, 1989.

E-BIT. Web shoppers. 24. ed. Disponível em: http://www.webshoppers.com.br/ webshoppers/WebShoppers24.pdf. Acesso em: 20 set. 2011.

ENGEL, James; BLACKWELL, Roger; MINIARD, Paul. Comportamento do consumidor. 8. ed. Rio de Janeiro: LTC, 2000.

GEFEN, D.; STRAUB, D. W. The relative importance of perceived ease-of-use in IS adoption: a study of e-commerce adoption, Journal of the Association for Information Systems , v. 1, artigo 8, p. 1-30, 2000.

HAIR, Joseph; BLACK, William C; BABIN, Barry J.; ANDERSON, Rolph E.; TATHAM, Ronald L. Análise multivariada de dados. 5. ed. Porto Alegre: Bookman, 2005.

HEIJDEN, H.; VERHAGEN, T.; CREEMERS, M. Understanding online purchase intentions: contributions from technology and trust perspectives. European Journal of Information Systems, n. 12, p. 41-48, 2003. http://dx.doi.org/ 10.1057/palgrave.ejis.3000445

HERNANDEZ, José Mauro C. Por que algumas pessoas compram mais que outras pela Internet: o papel do conhecimento e do risco percebido. Revista Eletrônica de Gestão Organizacional. v. 2, n. 2, maio/agosto 2004.

IBGE. Síntese de indicadores sociais: uma análise das condições de vida da população brasileira. Estudos & Pesquisas, n. 27. Rio de Janeiro: IBGE, 2010.

IPEA. Vendas on-line no Brasil: uma análise do perfil dos usuários e da oferta pelo setor de comércio. Comunicados do IPEA, n. 95, junho de 2011.

ITU. Measuring the information society, International Telecommunication Union. 2011.

KARAHANNA, Elena; STRAUB, Detmar W.; CHERVANY, Norman L. Information technology adoption across time: a cross-sectional comparison of pre-adoption and pos-adoption beliefs. MIS Quartely, v. 23, n. 2, p. 183-213, 1999. http://dx.doi.org/10.2307/249751

KOTLER, Philip. Administração de marketing: análise, planejamento, implementação e controle. 5. ed. São Paulo: Atlas, 1998.

LI, Yong-Hui; HUANG , Jing-Wen. Applying theory of perceived risk and technology acceptance model in the online shopping channel. World Academy of Science, Engineering and Technology, v. 53, 2009.

MALHOTRA, N. Pesquisa de marketing: uma orientação aplicada. 4. ed. Porto Alegre: Bookman, 2006.

NAKAGAWA, Sandra Sayuri Yamashita. A lealdade de consumidores nos ambientes de comércio online e offline. 2008. Tese – Doutorado em Administração – Programa de Pós-Graduação em Administração, FEA/USP, São Paulo, 2008.

O’BRIEN, James. Sistemas de informação e as decisões gerenciais na era internet. 2. ed. São Paulo: Saraiva, 2004.

PAVLOU, Paul A. Consumer acceptance of electronic commerce: integrating trust and risk with the technology acceptance model. International Journal of Electronic Commerce, v. 7, n. 3, p. 101-134, 2003.

PAVLOU, Paul A.; FYGENSON, Mendel. Understanding and predicting electronic commerce adoption: an extension of the theory of planned behavior. MIS Quarterly, v. 30, n. 1, p. 115-143, 2006.

PINHO, José Benedito. Publicidade e vendas na Internet: técnicas e estratégias. São Paulo: Summus, 2000.

PIRES, Guilherme; STANTON, John; ECKFORD, Andrew. Influences on the perceived risk of purchasing online. Journal of Consumer Behavior, v. 4, n. 2, p. 118-131, 2004. http://dx.doi.org/10.1002/cb.163

POTTRUCK, David; PEARCE, Terry. Empresa turbinada pela Web: o crescimento impulsionado pela paixão no mundo da Internet. Rio de Janeiro: Campus, 2000.

SCHIFFMAN, Leon; KANUK, Leslie. Comportamento do consumidor. 6. ed. Rio de Janeiro: LTC, 2005.

SILVA, Ana Catarina L.; PAULA, Elis; MORAES, Marcelo Amaral; GONÇALVES, Carlos Alberto. Um olhar sobre o comportamento de compra dos usuários da Internet. Caderno de Pesquisas em Administração, v. 7, n. 3, p. 43-47, 2000.

SOLOMON, Michael. Comportamento do consumidor. 5. ed. Porto Alegre: Bookman, 2002.

STAIR, Ralph M.; REYNOLDS, George W. Princípios de sistemas de informação. 4. ed. Rio de Janeiro: LTC, 2002.

TURBAN, Efraim; KING, David. Comércio eletrônico: estratégia e gestão. São Paulo: Prentice Hall, 2004.

TURBAN, Efraim; McLEAN, Ephraim; WETHERBE; James. Tecnologia da informação para gestão: transformando os negócios na economia digital. 3. ed. Porto Alegre: Bookman, 2004.

URBAN, Glen L.; SULTAN, Fareena; QUALLS, Willian J. Placing trust at the center of your Internet strategy. Sloan Management Review, v. 42, n. 1, p. 39-48, 2000.

VENKATESH, Viswanath; MORRIS, Michael G. Why don’t men ever stop to ask for directions? Gender, social influence, and their role in technology acceptance and usage behavior. MIS Quarterly, v. 24, n. 1. p. 115-139, 2000. http://dx.doi.org/10.2307/3250981

VIJAYASARATHY, Leo R. Predicting consumer intentions to use online shopping: the case for an augmented technology acceptance model. Information and Management, n. 41, p. 747-762, 2004.


Texto completo: PDF

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .