O REFLEXO DA VIOLÊNCIA NA COMUNIDADE ESCOLAR

Eduardo BVeltrão de Lucena Córdula

Texto completo:

PDF

Resumo

A sociedade passa por grandes transformações sociais, criando paradigmas que se perpetuam ao longo do tempo e que se refletem diretamente no âmbito escolar, ocasionando diversos conflitos, adversidades e problemas que interferem diretamente no processo de ensino-aprendizagem do próprio educando. Com o objetivo de identificar a problemática da violência na escola, o presente estudo utilizou o método qualitativo, com pesquisa participante e observação específica para analisar e buscar respostas ao corpo escolar na busca da reversão do problema vivenciado desde o ano de 2011. Neste sentido, a atuação conjunta da família, da sociedade e das políticas públicas são necessárias para reverter o atual quadro instalado e na busca de um ensino de qualidade e que atenda as reais necessidades do educando, para sua plena formação cidadã.



Referências


ANDRADE, F. C. B. Conceito de Violência na Filosofia Política: formação e principais paradigmas. Temas em Educação, João Pessoa, UFPB, n.7-8, p.105-117, 1998-1999.

ANDRÉ, M.E.D. & MEDIANO, Z.D. O cotidiano na escola: elementos para a construção de uma didática fundamental. In: CANDAU, V. M. (Org.). Rumo a uma nova didática. 8ª ed. Petrópolis, RJ: Cortez, 1988.

ARANHA, M. S. F. (Org.). Educação inclusiva: a escola. Vol. 3. Coordenação geral SEESP/MEC. Brasília: MEC/SEE, 2004. 26 p.

ASSIS, S. G.; AVANCI, J. Q.; OLIVEIRA, R. V. C. Violência Escola e Auto-Estima de Adolescentes. Cadernos de Pesquisa, v. 36, n. 127, p. 35-50, jan./abr, 2006.

BOCK, A. M. B. [org.]. Psicologias: uma introdução ao estudo de psicologia. São Paulo: Saraiva, 1988.

BRASIL. Estatuto da Criança e do Adolescente – Lei nº 8.069/90. Brasília: Casa Civil, 1990. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l8069.htm. Acesso em: 24 set. 2012.

______.Parâmetros Curriculares Nacionais – terceiro e quarto ciclos: introdução. Brasília: MEC/SEF, 1998a.

______. Parâmetros Curriculares Nacionais – terceiro e quarto ciclos: temas transversais. Brasília: MEC/SEF, 1998b.

______. Curso de prevenção do uso de drogas para educadores de escolas públicas. Brasília: SNPD, 2010, 286p.

BRASÍLIA. Diretrizes e Normas Regulamentadoras de Pesquisas Envolvendo Seres Humanos. Brasília: CNS/MS. Disponível em: http://www.ufrgs.br/bioetica/res19696.htm. Acesso em: 21 fev. 2009.

CAMÊLO, I. A.; SILVA, J. V. & MANHÃES, E. V. S. Educar para a cidadania. In: I Seminário Regional de Educação Ambiental para o Semi-Árido Nordestino e Encontro Paraibano de Educação Ambiental, João Pessoa-PB, 2007. Anais... João Pessoa: UFPB/REAPB, 2007. CD-ROM.

CAPRA, F. O Ponto de Mutação: a ciência, a sociedade e a cultura emergente. 26ª reimpressão. Tradução de Álvaro Cabral. São Paulo: Cultrix, 2006. 445p.

CÓRDULA, E. B. L. Realidade e Criatividade no Contexto Educacional. In: GUERRA, R. A. T. [Org.]. Educação Ambiental: textos de apoio. João Pessoa: Editora Universitária da UFPB, 1999. p. 56-57.

______. Novos Rumos da Educação Sócio-Ambiental. Revista Educação Ambiental em Ação, n° 100, Ano VIII, set./nov. 2009a. Disponível em: http://www.revistaea.org/artigo.php?idartigo=732&class=04. Acesso em 24 set. 2009.

______. A Educação pelos Olhos do Professor(a). Jornal da Paraíba, João Pessoa, 26 nov. 2009b, Cidades, p. 05.

______. Educador e Educando. Jornal da Paraíba, João Pessoa, 28 e jul. 2010, cidades, p. 05.

FLEURI, R.M. Educar para quê? Contra o autoritarismo da relação pedagógica na escola. 9ª ed. São Paulo: Cortez, (Biblioteca de Educação, série I. Escola; v. 12 ). 1997. 110p.

FREIRE, P. Educação e Política. São Paulo: Cortez, 1994.

______. Professora Sim, Tia Não: cartas a quem ousa ensinar. 8ª ed. São Paulo: Olho D’Água, 1997. 127p.

GUERRA, R. A. T.; LIMA, R. S. & SILVA, J. P. A. [Orgs.] Formação Continuada de Professores. João Pessoa: Ed. Universitária da UFPB, 2007.

GONÇALVES, E. P.; MACEDO, L. S.; MACHADO, M. S. B. O Desafio da qualidade em Educação: historicidade, ideologia e perspectivas práticas. João Pessoa, PB: Ed. Universitária da UFPB, 1996.

LACASA, P. Ambiente familiar e educação escolar: a interseção de dois cen´rios educacionais. In: COLL, C; MARCHESI, A.; PALACIOS, J. [Org.] Desenvolvimento psicológico e educação. Vol. 2. 2ª ed. Tradução de Fátima Murad. Porto Alegre: Artmed, 2004, p.403-419.

LIBÂNEO, J. C. Didática. São Paulo: Cortez, 1994.

MARCONI, M.A.; LAKATOS, E.M. Técnicas de Pesquisa. 5ª ed. São Paulo: Atlas, 2002.

NOLT, D. L.; HARRIS, R. As crianças aprendem o que vivenciam. Tradução de Maria Luiza Newlands da Silveira. Rio de Janeiro: Sextante, 2009.

NUNES, C. Educação pela Paz: um guia para os pais, professores e todos os estudantes da vida. 3ª ed. João Pessoa, PB: Qualigraf, 2003.

PIOVESAN, O. M.; LINK, A.; PRESTES, L. F.; LISBOA, J. G. Violência na Escola, Práticas Educativas e Formação do Professor. Cadernos de Pesquisa, v. 35, n. 126, p. 635-658, set./dez. 2005.

QUEIROZ, T. D. Pedagogia de Projetos Interdisciplinares: uma proposta prática de construção do conhecimento a partir de projetos – de 5ª a 8ª séries. São Paulo: Rideel, 2001.

SANT’ANNA, F. M.; ENRICONE, D., ANDRÉ, L.C. & TURRA, C.M.G. Planejamento de Ensino e Avaliação. 11ª ed. Porto Alegre: Sagra, 1993.

SÁTYRO, N. e SOARES, S. A Infra-Estrutura das Escolas Brasileiras de Ensino Fundamental: um estudo com base nos censos escolares de 1997 a 2005. Brasília: IPEA, 2007. Textos para Discussão, n° 1267, abr. 2007. Disponível em: http://www.cipedya.com/web/FileDownload.aspx?IDFile=101542. Acesso em: 27 set. 2009.

SOARES, J. M. Família e Escola: parceiras no processo educacional da criança. Disponível em: http://www.planetaeducacao.com.br/portal/imagens/artigos/educacaoetecnologia/ARTIGO-FAMILIA-ESCOLA-.pdf. Acesso em: 25 dez. 2010.

SODRÊ, M.G. Consumo e globalização. In: SÃO PAULO (Estado). Educação ambiental, meio ambiente e cidadania: reflexões e experiências. São Paulo: SMA/CEAM, 1998. p. 103-106.

VASCONCELOS, C. S. Para onde vai o professor? Resgate do Professor como Sujeito da Transformação. 12ª ed. São Paulo: Libertad, 2007.