O ENSINO DE ARTES COMO INSTRUMENTO MOTIVADOR DA APRENDIZAGEM PARA ALUNOS COM ALTAS HABILIDADES.

Fabiane Favarelli Navega

Texto completo:

PDF

Resumo

Objetiva-se apresentar o conceito de Altas Habilidades/e ou Superdotação, bem como apresentar a importância do trabalho com artes como instrumento motivador da aprendizagem desses indivíduos. Discute-se sobre a realidade da educação inclusiva amparada pelas leis educacionais necessárias a essas pessoas.



Referências


BRASIL. LDB – Lei de Diretrizes e Bases da Educacional. Lei 9394/96

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Subsídios para Diretrizes Curriculares Nacionais Específicas da Educação Básica/ Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Diretoria de Concepções e Orientações Curriculares para Educação Básica – Brasília: 2009a. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/dmdocuments/subsidios_dcn.pdf acessado em 17/10/09

DECLARAÇÃO DE SALAMANCA: Sobre Princípios, Políticas e Práticas na Área das Necessidades Educativas Especiais, 1994, Salamanca-Espanha.

RENZULLI, J.S. (1978). “What makes giftedness? Reexamining a definition”. Phi Delta Kappan, n. 60, pp. 180-184 e 261.

UNESCO. Declaração Mundial sobre Educação para Todos: satisfação das necessidades básicas de aprendizagem. 1990. Disponível em . Acesso em 20/6/2009

VIRGOLIM, A. M. R. Altas habilidades/superdotação: encorajando potenciais. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Especial,

http://www1.folha.uol.com.br/educacao/2015/10/1695370-numero-de-superdotados-cresce-17-vezes-em-14-anos-nas-escolas-do-pais.shtml

http://portal.mec.gov.br/seesp/arquivos/pdf/altashabilidades.pdf